Yseult D belgian photographer

"Simplicidade é a fonte da beleza"

A frase sozinha resume o universo de Yseult D.

Viajante solitário, Yseult D. aspira a destacar momentos que podem parecer insignificantes, mas que estão sempre impregnados de uma bela luz. Ela compõe cuidadosamente suas fotografias.

Econômica, ela só tira uma foto e nunca olha para as fotos até voltar de sua jornada algumas semanas depois.

Ela tenta tocar e espera trazer um pouco de poesia a este mundo conturbado.

«Não há hipóteses, só há encontros», esta frase de Paul Eluard resume perfeitamente a carreira de Yseult D.

Nada parecia predestiná-la para a fotografia artística.

Filha do casal Depelseneer, os precursores do método para bebês nadadores, a futura artista trabalhou por muitos anos com seus pais neste campo cativante e humano.

Em 2011 Yseult, sempre apaixonado por fotografia e cinema, começou a fazer aulas noturnas de fotografia digital.

O curso foi ministrado por Pierre Scheys, a quem Yseult desenvolveu o aspecto técnico da fotografia. Ao mesmo tempo, ela trabalhou com seu amigo pintor Marc Aghemio, em Paris, que a encorajou a aguçar seu olhar artístico.

Um ano depois, com o diploma no bolso, Yseult viajou para Israel. Uma jornada que marcará uma virada em sua vida profissional. Em seu retorno à Bélgica, um encontro inesperado em seu cabeleireiro permitiu que Yseult tornasse suas fotos públicas. A comunidade judaica do Laïc Centre em Bruxelas deu-lhe carta branca para apresentar a sua primeira exposição, intitulada «Era uma vez em Jerusalém» com o nome de Yseult D.

O entusiasmo do público a convenceu a se dedicar inteiramente à fotografia artística.

logo copie.jpg